Notícias

ETEC RECEBE IMPORTANTE PRÊMIO DE INOVAÇÃO EM SÃO PAULO

Compartilhe com seus amigos

Em dezembro de 2017, a Etec Prof. José Carlos Seno Júnior recebeu a feliz notícia que dois de seus projetos foram escolhidos no Desafio Inova Paula Souza, uma competição que incentiva a pesquisa e geração de modelos de negócios.
No total de 2.200 projetos que concorreram ao prêmio em todo o estado de São Paulo, apenas 36 foram vencedores.
A equipe da Etec por meio de seu projeto “Pomada protetora solar com repelente”, desenvolvida pelos alunos do Curso Técnico em Química se classificou entre os três melhores do Eixo Produção e Processos Industriais. O projeto unifica dois produtos em um, oferecendo proteção repelente e solar, usando matérias-primas 100% naturais, que foi orientado pela professora Elaine Neves de Nadai.
Outro projeto “Desenvolvimento de películas finas biodegradáveis à base de substâncias naturais”, também esteve classificado entre os três melhores do Eixo Alimentos. A formulação origina um plástico biodegradável feito a partir do amido da batata. Foi desenvolvido pelos alunos do Ensino Técnico Integrado ao Médio em Química, orientado pela professora Izabel Cristina Eleotério.
No dia 26 de abril foi a data marcada para receber o prêmio em São Paulo onde a satisfação dos professores se tornou mais evidente quando o projeto da Pomada Protetora foi novamente premiado, agora como O MELHOR do seu eixo tecnológico.
“O resultado foi melhor do que esperávamos e e
stamos motivados. Agradeço ao aluno Luís Felipe Monteiro que nos representou em São Paulo e aos demais alunos envolvidos no projeto Gustavo Capelari, Kauane Machado e Laura Vendrúsculo Monteiro, pois hoje servem de inspiração à todos os alunos da nossa escola, comentou a professora Elaine Neves de Nadai.

O diretor da Etec, Marcos Henrique Centurione Ramos avaliou positivamente os resultados. “Parabéns a toda a equipe da Química que alcançou resultados tão significativos, dando uma maior visibilidade para nossas pesquisas e colocando nossa Etec em evidência na educação profissional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *